AGROECOLOGIA

Nos dias atuais, tem-se falado muito sobre “agroecologia”, uma forma sustentável de se produzir alimentos, não somente se preocupando com o viés ambiental, produzindo sem a utilização de agrotóxicos e adubos mineralizados, como também o viés social, produzindo produtos com valoração justa e produtos mais saudáveis para a saúde do consumidor.

A abordagem agroecológica da produção busca desenvolver agroecossistemas com uma dependência mínima de insumos agroquímicos e energéticos externos.

A produção agroecológica está pautada, sobretudo, em controle biológico de pragas e doenças, ampliando a biodiversidade e cobertura permanente dos solos, com a utilização de palhadas, adubação verde, proteção das áreas de plantio contra ventos, práticas de conservação do solo (prevenção de erosão), rotação de culturas, consorciação de culturas, cultivo em faixa, entre outros.

A Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento e a Emater estão empenhados em desenvolver o cultivo agroecológico com os produtores de Itabirito. Há um grupo de agricultores familiares e pequenos produtores que estão recebendo treinamento, equipamentos e produtos (caldas, biofertilizantes e etc) para possibilitar a transição do cultivo convencional para o agroecológico.

Uma plataforma para você gerenciar o site da sua prefeitura.