Notícias
20 de novembro de 2020

Shows no anfiteatro do Parque Ecológico serão transmitidos ao vivo nos dias 28 e 29 de novembro. Pasteis de angu feitos artesanalmente poderão ser encomendados por delivery.

Evento tradicional no cenário cultural de Itabirito a festa do Pastel de Angu ganhou novo formato neste ano. Devido a pandemia do coronavírus neste ano, acontecerá no formato virtual, prestigiando artistas locais com a transmissão ao vivo direto do anfiteatro do Parque Ecológico. “Não podemos deixar de celebrar a iguaria mais tradicional de nossa cidade. Fico muito feliz em proporcionar um evento voltado as raízes do povo de Itabirito e disseminar a historia do Pastel de Angu para o maior numero de pessoas possível”, destaca Junia Melillo secretária de Cultura e Turismo.

Pastel de Angu em uma peneira de palha.
Festa acontece de forma online nos dias 28 e 29 de novembro – SandersonPereira

A programação começa as 15h no canal Mais Cultura e Turismo no youtube com 4 shows diários de bandas locais. As mantenedoras da receita original do pastel de angu, venderão seus pasteis de suas casas através do delivery em kits de 5 pastéis (R$15,00) como pedido mínimo e entrega gratuita. Os telefones das mantenedoras e a retransmissão da festa acontecerão no site www.festadopasteldeangu.com.br, além da programação completa da festa.

O Pastel de Angu

O modo de fazer do Pastel de Angu de Itabirito apresenta relevante valor histórico e cultural e é tombado como um Bem Imaterial de domínio público pelo Decreto n°9125, de 10 de dezembro de 2010, que registra no patrimônio de natureza imaterial o modo de fazer Pastel de Angu, por seus valores históricos, cultural e simbólico, efetivando assim, sua preservação, conservação e valorização.

A iguaria é tida como um símbolo integrante na vida dos itabiritenses, estimulando a transmissão de sua receita de geração em geração e o reconhecimento entre os moradores. A popularização do Pastel de Angu é um exemplo de como uma técnica culinária pode ser disseminada, ganhar significações de identidade local transformando-se em um bem importante para o imaginário social.


Por: Paulo Matos

Cadastre e recebe as novidades

Assine a nossa newsletter
Top